PROMOÇÕES ESPECIAIS

Payeven: Maquininha branca em seu menor preço,12x de R$7,50

iZettle: Maquinão com oferta especial. R$12 de R$9,90.

PagSeguro: Leitor Mobi Pin 10 mais barato que Minizinha.

SumUp: SumUp Top  está saindo por 12 parcelas de R$9,40.

O mercado de adquirência brasileiro está ficando vagarosamente democrático à cada dia. Soluções alternativas e com custos menores, como PagPop, iZettle, Payleven, PagSeguro – Moderninhas , CompuFácil e SumUp encontraram um nicho ainda inexplorado pelo duopólio formado por Cielo e Rede, o dos comerciantes e vendedores pessoas físicas e outras atividades comerciais de baixo e médio faturamento.

A Globalpayments, que já oferecia serviços voltados a ecommerce e gateway  de pagamento no Brasil, quer morder uma fatia do bolo também, mas agora no mercado de adquirência tradicional.

A Globalpayments se junta às adquirentes menores, mas não menos importantes, como GetNet, Stone, Elavon, Bin – FirstData e Vero entre outras, e começa a disputar mercado oferecendo máquinas de cartões tradicionais e soluções com POS e TEF com custos menores. A empresa tem opções de maquininhas com fio e sem fio com conexão GPRS (chip).

Taxas Iniciais da Globalpayments
Descontos Recebe em
Débito 1.8% 1 dia útil
Crédito
à Vista
2,5% 30 dias
Parcelado De 2 à 6 Vezes
2,97%
1ª parcela em 30 dias,
demais a cada 30 dias
Parcelado De 7 à 12 vezes
3,28%
1ª parcela em 30 dias,
demais a cada 30 dias
Saldo Repasse em dois dias úteis Repasse em 5 dias
Cartões
Aceitos
Visa, Visa Electron,
MasterCard e Maestro
Bandeiras de catões aceitas pela Global Payments
Antecipação Antecipação é opcional e as taxas devem
ser negociadas com a empresa.

Vero

Quanto aos leitores de cartões com aplicativos mobile, parece que a empresa não quis ariscar como a BIN (First Data) e não lançou nenhuma solução destas por aqui até o momento.

Para compensar o baixo número de bandeiras aceitas até o momento (Visa, Visa Electron, Mastercard e Maestro, a Globalpayments oferece taxas abaixo da linha praticada no mercado de aceitações para cartões em crédito ou débito. A tática de preços menores é também praticada por outras empresas com menor participação neste mercado que movimentou mais de 1 trilhão em 2015, segundo Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços .

O aluguel das máquinas também é um atrativo, pois as mensalidades são menores (não reveladas) que as praticadas pelas empresas adquirentes dominantes no mercado, o que pode ser uma porta de acesso a meios de pagamentos para empreendedores que ainda resistiam a estas soluções por conta do alto custo fixo.

Até o momento a Globalpayments está focando a sua atenção aos comerciantes formalizados, ou seja, aqueles que possuem empresas abertas e possuem CNPJ.

Quanto às bandeiras de cartões, há movimentações e pressões ao Banco Central,  no sentido de liberar as bandeiras para que sejam aceitas em todos os sistemas  de adquirência, que somadas ao empenho destas novas empresas em atingir mais clientes, fertiliza ainda mais o campo das reduções de custos para comerciantes e pavimentam o caminho de uma concorrência mais leal neste segmento tão concentrado.

RECOMENDADO PRA VOCÊ

Nota dos Leitores

Site Melhores Máquinas de Cartões